Voluntários vão limpar o Jaguari Mirin neste final de semana

Um grupo de voluntários ligados a entidades
ambientalistas, associações, escoteiros, estudantes e profissionais liberais
realiza neste final de semana mais uma descida do Rio Jaguari Mirim em São João
da Boa Vista para ação de limpeza simbólica.

O grupo, apoiado pela SABESP, ACE/CTUR,
Polícia Ambiental, liderado pelo Prof. Reginaldo, da ONG “Jaguari, rio feliz”,
vai se reunir às 8 hs da manhã deste domingo, às margens do rio no Clube da
SABESP (Bairro Santo Antonio) e de lá, descer alguns quilômetros em bóias,
caiaques e barcos até a Ponte conhecida como “Ponte da Fiatece”. No caminho,
vão juntando todo lixo que encontram e reservando em sacos plásticos que são
removidos das margens para um caminhão da SABESP. Depois, o material reciclável
é separado e transferido para a Coopermax (Cooperativa de Reciclagem)  onde será processado e encaminhado para
reutilização.

O objetivo desta ação, que vem acontecendo
há mais de 5 anos, com apoio da Prefeitura Municipal, Ciprejim (Consórcio
Regional de preservação do rio Jaguari Mirim), de estudantes, professores, e da
imprensa em geral é conscientizar a comunidade ribeirinha dos perigos que o
lixo jogado no leito do rio pode representar para a saúde deste importante
manancial de água doce da cidade e região.

Segundo o idealizador do projeto, Reginaldo
Rodrigues, “com 100% do esgoto da cidade tratado, não há mais porque poluir o
rio que abastece todas as nossas casas. A comunidade já está aprendendo que
lugar de lixo é no lixo e não no rio”. Ainda segundo ele, o movimento, que
começou modesto com “meia dúzia de pessoas”, ganhou força e respeito ao longo
dos anos. Anualmente, em pelo menos 3 datas específicas (Dia da Água, Dia do
Meio Ambiente e entrada da primavera), o grupo, agora apoiado também pelos
empresários através da ACE local, já consegue ver os resultados positivos. A
cada ano, ele comenta, o volume de lixo coletado é menor.

As pessoas interessadas em participar da
ação precisam apenas comparecer ao ponto de encontro na hora marcada. Barcos,
bóias e caiaques são de responsabilidade de quem os levar. Quem não tiver
nenhum destes meios de transporte, poderá apoiar a ação à pé, pelas margens, no
trabalho de resgate dos sacos com o lixo para depositar no caminhão da SABESP.

 

 

 

TSC
– 15 setembro de 2011

Voluntários incentivam cuidados com o Jaguari

A  CTUR- Comissão de Turismo da ACE em São João da Boa Vista tem participado ativamente desde 2006 da Limpeza Simbólica do Rio Jaguari Mirin, coordenada pelo grupo “Jaguari – um rio Feliz”, criado por moradores da Vila 1º  de Maio e  Escola de Samba Unidos da Vila. Nos últimos cinco anos, voluntários descem o Rio Jaguari Mirim (num determinado ponto dentro da região urbana da cidade), em bóias improvisadas, recolhendo em sacos plásticos todo lixo no leito e margens. Todo este lixo, depois de ficar exposto para que a população ribeirinha possa conscientizar-se da agressão ao meio ambiente que ele significa, é reciclado: o que é reaproveitável vai para a COOPERMAX e o restante, para o aterro sanitário. Esse transporte é feito em caminhão da SABESP.

Apesar da seriedade e importância da ação ambientalista, os voluntários aproveitam para se divertir com o contato com os colegas, as corredeiras e a farta vegetação ribeirinha. A comunidade já está se conscientizando da necessidade de preservação deste recurso hídrico que é de onde vem toda a água tratada consumida pelos mais de 80 mil sanjoanenses. Segundo a coordenação do movimento, “A cada ano o volume de lixo encontrado é menor e de características diferentes, o que significa um avanço no sentido de conscientizar a comunidade, especialmente a ribeirinha”, afirma o Prof. Reginaldo Rodrigues. Esta primeira, de três ações oficiais em 2010, acontecerá no próximo dia 21 de março, véspera do  último dia da Semana da Água, com o apoio da SABESP, grupos de escoteiros, Tiro de Guerra, Grupos Ambientalistas, Polícia Ambiental,  da CTUR/ACE e muitos voluntários.

Os interessados em participar desta atividade, que consiste em descer o rio Jaguari do Clube da Sabesp (Bairro Santo Antonio) até a Usina Santa Inês, extremo oposto da cidade, passando pela ponte da Fiatece (V. 1º de maio), não precisam fazer inscrição. Basta comparecer às 8 hs da manhã no local da saída (Clube da SABESP – Bairro Santo Antonio), munidos de bóias, sacos de lixo, botes, coletes salva vidas e do equipamento que achar necessário para colaborar com a ação e onde serão recepcionados com um café da manhã servido pelos funcionários da SABESP.