Programação das Oficinas Culturais Guiomar Novaes

ARTES PLÁSTICAS

OFICINA DE DESENHO DA ANATOMIA HUMANA
Coordenação: Carol Reis.
23/8 a 8/11 – terças-feiras – 14h às 16h.
Público: adolescentes e adultos com noções básicas de desenho.
Inscrições: 8 a 19/8.
Seleção: carta de interesse e pequeno portfólio.
20 vagas.

Introdução ao desenho da forma humana por meio de estudos da estrutura geométrica da imagem, composição, perspectiva, sombreamento e desenho de observação.

Carol Reis é artista plástica e professora em escolas públicas e privadas, onde ministra aulas de Desenho e Iniciação Artística.

 

AUDIOVISUAL

CICLO DE FILMES COMENTADOS: ENCONTROS COM SHAKESPEARE
Curador: Ronaldo Marinsky.
29 a 31/8 – segunda a quarta-feira – 18h30.
Indicação: 15 anos.
30 lugares por exibição.

Programa:

29/8 – Hamlet (1948). Direção: Laurence Olivier.
30/8 – Othello (1952) e Macbeth (1948). Direção: Orson Welles.
31/8 – Romeu e Julieta (1968). Direção: Franco Zeffirelli.

Para ampliar o conhecimento sobre Shakespeare e sua obra, este ciclo traz algumas importantes adaptações cinematográficas de textos do grande autor. As exibições serão precedidas por preleções sobre o dramaturgo, as dificuldades de transposição da linguagem teatral para a linguagem cinematográfica e as peculiaridades e escolhas de cada diretor. Atividade paralela do II Encontro com Shakespeare, promovido pelo Departamento Municipal de Cultura.

Ronaldo Marinsky é doutor em Artes pela Unicamp. Dirigiu mais de 30 produções teatrais. É fundador, diretor e professor do Cena IV – Shakespeare Cia. e responsável pelo blog O Mundo é um Palco, do Instituto Shakespeare do Brasil, do qual também é fundador e diretor.

 

CIRCO / TEATRO

OFICINA: O SENTIDO CÔMICO DO PALHAÇO
Coordenação: Jana Galdi.
21 a 27/11 – segunda a sexta-feira – 13h30 às 17h30 | sábado e domingo – 9h às 14h.
Público: interessados com experiência em artes cênicas, a partir de 14 anos.
Inscrições: 8/8 a 11/11.
Seleção: currículo e carta de interesse.
20 vagas.

Baseada em esquetes do repertório clownesco clássico, a atividade propõe despertar o palhaço que existe dentro de cada um, utilizando exercícios de expressão corporal e vocal, jogos teatrais, técnicas de acrobacia e dinâmicas de improvisação.

Jana Galdi, formada em Artes Cênicas pela Universidade Estadual de Londrina, é fundadora da Cia. TPK, cujos trabalhos para o público infantojuvenil foram levados à cena no Festival Internacional de Londrina, na Mostra Paralela do Festival de Teatro de Curitiba e no Theatro Circo de Braga, em Portugal.

 

COMUNICAÇÃO

WORKSHOP: PRINCÍPIOS BÁSICOS DA REDAÇÃO CRIATIVA
Coordenação: Rose Duarte.
22/8 a 24/10 – segundas-feiras – 19h às 21h.
Público: adultos interessados em criações textuais.
Inscrições: 8 a 17/8.
Seleção: carta de interesse.
15 vagas.

O workshop será desenvolvido a partir da discussão das diversas categorias de textos – literários, jornalísticos, técnico-científicos, publicitários –, visando estimular a criatividade dos redatores e a correta aplicação das normas da língua para se alcançar uma comunicação efetiva.

Rose Duarte é jornalista profissional, tendo colaborado para a Folha de S.Paulo e O Estado de S. Paulo, entre outras publicações. É mestre em Comunicação e Marketing pela Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero.

 

FOTOGRAFIA

OFICINA: LINGUAGEM FOTOGRÁFICA – TENDÊNCIAS DA IMAGEM
Coordenação: Gislaine Fonseca.
23/8 a 8/11 – terças-feiras – 18h30 às 21h30.
Público: adolescentes e adultos com prática em fotografia.
Inscrições: 8 a 19/8.
Seleção: carta de interesse.
20 vagas.

A oficina tem o objetivo de proporcionar a compreensão da linguagem fotográfica e dos recursos técnicos possibilitados pelas diversas câmeras. Serão abordados tópicos como: foco, profundidade de campo, iluminação, enquadramento, equilíbrio e composição, edição e tratamento digital de imagens.

Gislaine Fonseca é artista plástica, fotógrafa e professora de Artes, formada em Educação Artística, com habilitação em Artes Plásticas, pela Unesp. Em fotografia, realiza ensaios autorais e trabalha com eventos, espetáculos e publicidade.

 

IMAGEM NA LATA: OFICINA DE FOTOGRAFIA PIN HOLE
Coordenação: Ana Divino.
1/10 a 3/12 – sábados – 9h às 12h.
Público: adolescentes e adultos interessados em fotografia.
Inscrições: 8/8 a 30/9.
Seleção: carta de interesse.
15 vagas.

A oficina propõe a reflexão sobre o processo de construção de uma imagem, incentivando o participante a desenvolver pesquisa pessoal por meio da experimentação de uma técnica simples, que dispensa o uso de câmera.

Ana Divino é cineasta e fotógrafa, com formação em Cinema e Vídeo pela Escola Livre de Santo André e em Comunicação Social pela ECA-USP. É produtora e assessora de comunicação do grupo Cinema de Guerrilha.

 

 

 

 

 

 

 

 

GESTÃO CULTURAL

OFICINA DE EMPREENDEDORISMO CULTURAL: CONCEPÇÃO, PLANEJAMENTO E FORMATAÇÃO DE PROJETOS
Coordenação: Horizontes / CADE – Centro de Apoio ao Desenvolvimento e ao Empreendedorismo.
1 e 2/9 – quinta e sexta-feira – 9h às 12h e 13h às 18h.
Público: gestores e produtores culturais.
Inscrições: 8 a 31/8.
Seleção: ordem de inscrição (primeiros inscritos).
30 vagas.

Essa oficina de capacitação tem os seguintes objetivos: apresentar informações atualizadas acerca do mercado cultural; orientar a elaboração e a redação de projetos culturais; identificar as possibilidades de financiamento para projetos na área da Cultura; fornecer subsídios para que os participantes possam atuar como gestores e produtores de cultura dentro do conceito de economia criativa. Após o final da oficina, os participantes continuarão acompanhados pelos técnicos do CADE por meio das redes sociais, skype, e-mail ou telefone.

Horizontes é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), cuja missão é promover a sustentabilidade, a cidadania, a inclusão social e a geração de trabalho e renda por meio da educação. O CADE, um dos seus programas, tem suas bases voltadas para a difusão do conhecimento e capacitação técnica na área de elaboração de projetos culturais e empreendedorismo na economia criativa.

 

WORKSHOP: ECONOMIA CRIATIVA E CIDADES CRIATIVAS
Coordenação: Ana Carla Fonseca.
9/9 – sexta-feira – 10h às 13h e 14h às 17h.
Público: gestores, produtores culturais e artistas.
Inscrições: 8/8 a 8/9.
Seleção: ordem de inscrição (primeiros inscritos).
20 vagas.

Essa atividade se propõe a: promover o entendimento do significado de economia criativa e cidades criativas, capacitando os participantes a dialogar com instituições públicas e privadas; provocar uma reflexão acerca de como essas duas abordagens podem contribuir para o desenvolvimento cultural, social e econômico de cada cidade e polo cultural; motivar o desenvolvimento de uma política local articulada. Os participantes farão uma lição de casa que será objeto de análise numa segunda fase.

Ana Carla Fonseca é administradora pública pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo, economista, mestre em Administração e doutora em Urbanismo pela USP. É assessora em economia criativa para a ONU (UNCTAD e PNUD).

 

PALESTRA: ECONOMIA CRIATIVA E CIDADES CRIATIVAS
Palestrante: Ana Carla Fonseca.
9/9 – sexta-feira – 18h30 às 20h.
Público: gestores, produtores culturais, artistas e interessados no tema.
Inscrições: 8/8 a 9/9.
Seleção: ordem de inscrição (primeiros inscritos).
20 vagas.

A palestra abordará os seguintes temas: conceito e importância de indústria criativa e economia criativa; cultura, economia e desenvolvimento como eixos entrelaçados; princípios básicos de governança, parceria e empreendedorismo; cidades criativas; estatísticas e casos nacionais e internacionais.

 

 

WORKSHOP DE GESTÃO CULTURAL
Coordenação: Tércio Marinho.
22 e 23/10 – sábado e domingo – 9h às 13h e 14h às 18h.
Público: interessados em gestão cultural, a partir de 18 anos.
Inscrições: 8/8 a 18/10.
Seleção: carta de interesse.
20 vagas.

Panorama do segmento da produção cultural, considerando: planejamento, administração, leis de incentivo, captação de recursos e questões jurídicas, financeiras e internacionais.

O produtor Tércio Marinho é consultor e especialista em desenvolvimento de projetos e de metodologias de trabalho direcionadas à área cultural.

 

HISTÓRIA EM QUADRINHOS

OFICINA: TÉCNICAS DE DESENHO E CRIATIVIDADE NAS TIRINHAS
Coordenação: Gislaine Fonseca.
3/10 a 21/11 – segundas-feiras – 14h às 17h.
Público: crianças e adolescentes.
Inscrições: 8/8 a 29/9.
Seleção: ordem de inscrição (primeiros inscritos).
20 vagas.

Destinada a crianças e adolescentes com ou sem conhecimento na área, a oficina pretende: desenvolver a capacidade de observação; exercitar técnicas variadas de desenho e pintura aplicadas à HQ; apresentar as diferentes manifestações da linguagem dos quadrinhos; estimular a busca de um estilo próprio de criação.

Gislaine Fonseca é artista plástica, fotógrafa e professora de Artes, formada em Educação Artística, com habilitação em Artes Plásticas, pela Unesp.

 

LITERATURA

OFICINA DE CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS PARA EDUCADORES
Coordenação: Rô Nogueira.
24/8 a 7/12 – quartas-feiras – 18h30 às 21h30.
Público: educadores e professores.
Inscrições: 8 a 19/8.
Seleção: carta de interesse.
20 vagas.

A oficina ressalta a importância da narração dos contos para a formação da criança, apresentando estudos e técnicas sobre a arte de contar histórias, literatura apropriada e formas de incentivo à leitura.

Rô Nogueira é artista plástica, graduada em Educação Artística, com cursos complementares em Teatro e Música. É criadora da Cia. de Diversão Baderna Artística, que realiza animação cultural e contação de histórias.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LITERATURA / MÚSICA

WORKSHOP: GUIOMAR NOVAES, A MENINA DO NARIZ ARREBITADO
Coordenação: Rô Nogueira.
10 e 17/ 9 – sábados – 9h às 12h e 14h às 18h.
Público: crianças de 7 a 10 anos.
Inscrições: 8/8 a 9/9.
Seleção: ordem de inscrição (primeiros inscritos).
15 vagas.

Por meio de contos, músicas e cenas teatrais, a atividade apresenta às crianças a vida e a obra de Guiomar Novaes, a partir da história de Monteiro Lobato, Narizinho, a menina do nariz arrebitado, que foi inspirada na pianista. Atividade paralela da Semana Guiomar Novaes de São João da Boa Vista, promovida pela Secretaria de Estado da Cultura em parceria com o Departamento Municipal de Cultura.

 

MÚSICA

OFICINA DE VIOLÃO ERUDITO
Coordenação: Micael Chaves.
24/8 a 23/11 – segundas e quartas-feiras – 15h às 16h30.
Público: interessados a partir de 15 anos, com conhecimento básico de leitura de partituras.
Inscrições: 8 a 19/8.
Seleção: aula-teste (22/8 – segunda-feira – 15h).
10 vagas.

Utilizando-se de métodos práticos e simples, a oficina aprofunda o conhecimento da teoria musical e das técnicas para violão erudito, com exercícios, prática de conjunto e interpretação de composições para grupo ou solistas.

Micael Chaves é formado pelo Conservatório Musical de Tatuí. Foi spalla da Orquestra de Violões “Violões e Cia.” e participou da gravação do DVD da Família Assad, com a qual se apresentou em concertos na Alemanha.

 

AULA ABERTA: A REVOLUÇÃO DO ROCK NOS ANOS 90 E SUA INFLUÊNCIA NO BRASIL
Coordenação: João Rodrigo.
1/9 – quinta-feira – 18h30 às 21h30.
Público: apreciadores desse gênero musical.
Inscrições: 8 a 26/8.
Seleção: carta de interesse.
30 vagas.

Na década de 1990, ocorreu uma revolução no rock, causada pelo aparecimento de bandas como Nirvana, Pearl Jam e Mudhoney, todas vindas da cidade americana de Seattle. A aula apresentará e analisará o estilo e as influências deste movimento musical que ficou conhecido como grunge.

João Rodrigo é vocalista e guitarrista. Estudou Áudio e Música em São João da Boa Vista e Digital Audio Recording em Shoreline, cidade próxima a Seattle.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

OFICINA DE ARRANJO MUSICAL PARA ACOMPANHAMENTO
Coordenação: Gustavo Merida.
5/9 a 28/11 – segundas-feiras – 19h30 às 21h30.
Público: pianistas e tecladistas acima de 16 anos.
Inscrições: 8 a 31/8.
Seleção: currículo.
10 vagas.

O objetivo da atividade é apresentar, de maneira simples, as melhores formas de realizar o arranjo para músicas de diferentes ritmos, nas situações em que o pianista ou tecladista toca sozinho ou acompanhado apenas do cantor.

O pianista e tecladista Gustavo Merida transita entre o erudito e o popular como professor, instrumentista e compositor. Acompanhando a cantora Carolina Cachola, conquistou o prêmio de melhor intérprete no Festival Brasileiro de MPB de Avaré, em 2006.

 

PATRIMÔNIO CULTURAL

OFICINA: A HISTÓRIA DE SÃO JOÃO DA BOA VISTA NA REVOLUÇÃO DE 32
Coordenação: Hediene Zara.
8/9 a 24/11 – quintas-feiras – 19h30 às 21h30.
Público: professores e estudantes de História.
Inscrições: 8/8 a 2/9.
Seleção: carta de interesse.
20 vagas.

O Arquivo Histórico Matildes Salomão recebeu, recentemente, um acervo com mais de 500 fotografias da década de 1930, além de dezenas de documentos da Cruz Vermelha Internacional, que manteve um hospital em São João da Boa Vista. Por meio desse material inédito, os participantes terão a oportunidade de conhecer a cidade, sua história e seu cotidiano, na época da Revolução Constitucionalista.

Hediene Zara é escritor, com mais de 400 artigos publicados, e repórter do jornal O Município. Trabalha com a preservação e restauração do acervo histórico municipal há seis anos, tendo assumido, em 2010, a presidência da comissão que administra o Arquivo Histórico Matildes Salomão.

 

TEATRO

WORKSHOP DE DIREÇÃO E INTERPRETAÇÃO TEATRAL
Coordenação: Ramiro Silveira.
22 a 26/8 – segunda, quarta e sexta-feira – 14h às 18h.
Público: estudantes de Artes Cênicas, atores e diretores amadores ou profissionais.
Inscrições: 8 a 16/8.
Seleção: carta de interesse e currículo.
20 vagas.

Introdução ao “Teatro Playground”, técnica de ensaio que propõe, à equipe de atores e criadores, um jogo cênico em um ambiente motivador (o “playground”), em que regras são estabelecidas com o intuito de fornecer estímulos para a criação e a evolução do espetáculo. Atividade paralela do Festival Amador de Teatro de São João da Boa Vista.

Ramiro Silveira é bacharel em Direção de Teatro pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e mestre em Direção de Atores pela Middlesex University, de Londres. Encenador premiado e criador da técnica “Teatro Playground”, atualmente dirige os projetos teatrais finais na Escola Globe, em São Paulo.

 

 

 

 

WORKSHOP: HAMLET, DE WILLIAM SHAKESPEARE
Coordenação: Gabriel Marin.
29 a 31/8 – segunda a quarta-feira – 14h30 às 17h.
Público: estudantes de Teatro e atores.
Inscrições: 8 a 24/8.
Seleção: carta de interesse.
20 vagas.

Como o objetivo de mostrar que a obra de William Shakespeare é, antes de tudo, dedicada ao ator, o workshop trabalhará o processo de construção e execução do personagem no palco, tendo como mote o conselho que o príncipe Hamlet, na peça, dá aos atores que contrata. Atividade paralela do II Encontro com Shakespeare, promovido pelo Departamento Municipal de Cultura.

Gabriel Marin é ator, membro do grupo Cena IV – Shakespeare Cia. e estudioso da obra do grande dramaturgo inglês. Interpretou, entre outros personagens shakespearianos, Hamlet, Iago e Romeu.

 

OFICINA DE CRIAÇÃO DE ESQUETES TEATRAIS
Coordenação: Manuel Fabrício.
21 a 27/11 – segunda a sexta-feira – 18h às 22h | sábado e domingo – 15h às 20h.
Público: interessados com experiência básica em artes cênicas, a partir de 14 anos.
Inscrições: 8/8 a 11/11.
Seleção: currículo e carta de interesse.
20 vagas.

Aplicação de técnicas para criação de esquetes teatrais, por meio de jogos teatrais, improvisação, estudo de conceitos de criação de cenas, produção e apresentação de esquetes elaborados ao longo da atividade.

Manuel Fabrício é ator e clown, graduado em Artes Cênicas pela Universidade Estadual de Londrina. Entre outras montagens, participou, como intérprete-criador, de Um corpo que não aguenta mais, de Marta Soares, apresentada no Festival Internacional de Dança de Belo Horizonte. Autor e diretor do espetáculo Memórias de Bonecas, de 2006, que recebeu o Prêmio Myriam Muniz da Funarte.

 

ATIVIDADES EXTERNAS

 

ARTES PLÁSTICAS

OFICINA DE ESCULTURA PARA PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS
Coordenação: Marisa Bonaldi.
23/8 a 8/11 – terças-feiras – 14h às 17h.
Público: alunos da APAE.
Seleção: indicação da coordenação da APAE.
15 vagas.
Local: APAE – Associação Pais e Amigos dos Excepcionais:
Av. Dr. Luis Gambeta Sarmento, 921.

De forma acessível, a atividade apresenta uma introdução às técnicas de escultura, mostrando obras dos principais escultores e desenvolvendo um trabalho de criatividade com materiais como argila, gesso, arame, sabão e madeira.

Marisa Bonaldi é formada em Educação Artística e pós-graduada em Ensino de Crianças com Necessidades Especiais. Ministra aulas de Artes em escolas estaduais e particulares.

 

 

 

 

 

AUDIOVISUAL

CICLO DE FILMES COMENTADOS: MÚSICA PARA OS OLHOS
Curadora: Alice Abreu.
6, 20 e 27/9 – terças-feiras – 19h30.
Indicação: 12 anos.
50 lugares por exibição.
Local: Cineclube Beloca:
Praça da Catedral, 22.

Programa:

6/9 – Uma noite em 67
(Brasil, 2010, 85’).
Direção: Renato Terra e Ricardo Calil.
Documentário sobre um momento de grandes transformações da música, da cultura e da sociedade brasileira.

20/9 – Os desafinados
(Brasil, 2008, 139’).
Direção: Walter Lima Jr.
Dramatização sobre os anos 1960: a Bossa Nova, o cenário político e a efervescência cultural.

27/9 – Fabricando Tom Zé
(Brasil 2007, 90’).
Direção: Décio Matos Jr.
Sincretismo e reinvenção do pop brasileiro através da trajetória de um dos mais ousados e radicais criadores do tropicalismo.

Ciclo comentado de filmes sobre personagens da cena musical brasileira. Parceria com Cineclube Beloca, o ciclo tem a proposta de enriquecer os debates culturais da cidade, ao trazer obras que estão fora do circuito comercial.

Alice Abreu é uma das responsáveis pela criação, implantação e direção do Cineclube Beloca, que existe desde 2007. Foi integrante do departamento de comunicação do Teatro de Tábuas e fez parte do conselho técnico da Amite (Amigos do Theatro Municipal de São João da Boa Vista).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CICLO DE FILMES COMENTADOS: LOUCURA, A LUCIDEZ CONTEMPORÂNEA
Curador: Fritz Nagib.
4, 11 e 18/10 – terças-feiras – 19h30.
Indicação: 15 anos.
50 lugares por exibição.
Local: Cineclube Beloca:
Praça da Catedral, 22.

Programa:

4/10 – Budapeste
(Brasil, Portugal, Hungria, 2009, 113’).
Direção: Walter Carvalho.
Drama baseado no livro homônimo de Chico Buarque, com história intrincada e personagens complexos, de grande intensidade poética e emocional.

11/10 – O senhor do labirinto
(Brasil, 2010, 80’).
Direção: Geraldo Motta e Gisella de Mello.
Documentário sobre o artista plástico Arthur Bispo do Rosário, que viveu durante 50 anos internado em instituições psiquiátricas.

18/10 – Viajo porque preciso, volto porque te amo
(Brasil, 2010, 75’).
Direção: Marcelo Gomes e Karim Aïnouz.
Road movie experimental, instigante na forma e no conteúdo: sonhos, buscas e desencontros numa mistura de realidade e ficção.

Ciclo comentado de filmes sobre a trajetória de personagens e tramas que colocam em cheque a lucidez e o delírio da contemporaneidade. Parceria com Cineclube Beloca, o ciclo tem a proposta de enriquecer os debates culturais da cidade, ao trazer obras que estão fora do circuito comercial.

Fritz Nagib, um dos fundadores do Cinecube Beloca, estudou Fotografia e Artes na Weber State College de Utah, Estados Unidos. Suas fotografias e vídeos foram exibidos em mostras coletivas no Masp, Centro Cultural São Paulo e Instituto Cultural Itaú.

 

MÚSICA

APRESENTAÇÃO MUSICAL: TRIBUTO A SIMONAL
Grupo Toca.
1/10 – sábado – 20h.
Indicação: livre.
200 lugares.
Local: Theatro Municipal:
Praça da Catedral, 22.

O show celebra a popularidade de um dos maiores cantores do Brasil, por meio de videodocumentário e performances musicais que resgatam a alegria contagiante do swing e da pilantragem de Wilson Simonal.

O Toca, de São João da Boa Vista, está na estrada há 15 anos e recentemente lançou o CD Sorte no amor. O grupo é formado por Marcelo Gregório (teclados e direção musical), Juninho Popó (vocal e cavaco), Márcio Gregório (rebolo e vocal), Paul Jack (percussão e vocal), Eduardo Corbano (violão e guitarra) e Decka (bateria).

 

 

 

 

 

 

 

TEATRO

ESPETÁCULO: BANG BANG, VOCÊ MORREU
Cena IV – Shakespeare Cia.
23/8 – terça-feira – 9h e 14h.
Indicação: 14 anos.
100 lugares por apresentação.
Local: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo:
Acesso Dr. João Batista Merlin, s/nº.

Inspirado no massacre ocorrido em 1999 no Instituto Colombine, no Colorado, Estados Unidos, o Cena IV – Shakespeare Cia. traz, para a realidade brasileira atual, o candente tema do bullying.

A Associação Cena IV – Shakespeare Cia. surgiu em 1975 como um grupo de teatro amador; hoje, tem 15 peças em seu repertório. Em 2009, tornou-se uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip).

Prazo para inscrição no La Migliore Pizza é prorrogado

A  CTUR – Comissão de Turismo da ACE está divulgando a ampliação do prazo para inscrições das receitas para o concurso La Migliore Pizza, que vai eleger a melhor pizza da cidade – edição 2011. O concurso, que em sua primeira edição em 2010 foi um grande sucesso entre os empreendimentos gastronômicos e o público consumidor da iguaria italiana, retorna com algumas novidades. Segundo a coordenadora Telma Corulli, o prazo foi ampliado para distanciar da EAPIC e Caminhada da Lua Cheia, dois eventos em que a ACE participa amplamente.

E acrescentou que, depois da inscrição aberta e do Regulamento divulgado, pelo qual não haveria prêmio em espécie ou em dinheiro, à não ser a detenção do título de primeiro, segundo ou terceiro lugares de cada categoria (disk ou pizzaria), surgiu a possiblidade de, através de patrocinadores, presentear os vencedores com prêmios.

A etapa de avaliação das pizzas está marcada para os dias 20 e 21 de julho e a solenidade de premiação para o dia 01 de agosto. Sendo assim, o prazo de inscrição que terminava na próxima quinta-feira, foi ampliado para dia 18 de julho, na secretaria da ACE. Para realizar sua inscrição, clique aqui.

TSC – 28 de julho de 2011

Salão SP de Turismo: stand de São João um dos mais visitados

São João vai participou, entre os dias 16 e 18 de junho, do 10º Salão São Paulo de Turismo, promovido pela AMITUR (Associação dos Municípios de Interesse Turístico), em stand compartilhado com a vizinha estância de Águas da Prata. Ambas as cidades  fizeram um trabalho institucional para que os empresários e agentes de turismo conheçam um pouco das potencialidades das duas cidades no que diz respeito a roteiros, passeios, hospedagem, alimentação e infraestrutura para a recepção de visitantes.

Na abertura estavam presentes inúmeras autoridades estaduais e municipais (da capital e cidades participantes), entre elas a deputada Célia Leão, que encabeça a Frente Parlamentar pró-turismo.

Além de muitas fotos, banners, folders e todo tipo de material de marketing dos produtos turísticos das duas cidades, entre eles hotéis e restaurantes, no stand de São João estava uma máquina do Café SANJOANENSE (da empresário J. Nogueira Ind. Com e Expor. De café Ltda), que atraiu grande público pela aroma e a qualidade do café servido gratuitamente aos visitantes. Uma outra máquina do mesmo café foi colocada na sala de imprensa e por isso nossa cidade acabou virando notícia. O retorno institucional começou a ser visto no enorme número de contatos feitos no salão, com reflexos que já aparecem por e-mail e nas visitas ao site da CTUR (www.saojoaodaboavista.org.br).

Durante o salão, foi apresentado um filme gravado pela TVU sobre a história da cidade (São João, uma cidade, muitas histórias) no espaço Cine Sampatur e nos estúdios da assessoria de imprensa do evento, Badi Assad foi entrevistada para falar da sua cidade, São João da Boa Vista. A entrevista está no Youtube e no site do salão (www.salaospturismo.com.br).

Para a coordenadora da CTUR, Telma Corulli, que esteve presente durante todo o evento representando a parceria Poder Público e Iniciativa Privada, o objetivo foi alcançado e os contatos realizados serão muito importantes para o desenvolvimento da atividade turística local. Ela completou dizendo que o material exposto no Salão SP estará também disponível na Festa Junina (de 22 a 26 de junho) e na EAPIC de 8 a 16 de julho, ambas no Recinto de Exposições José Ruy de Lima Azevedo. Na mesma semana de julho o material também será distribuído na Feira Roteiros do Brasil, promovida pelo Ministério do Turismo.

Todo material institucional impresso foi produzido em três idiomas (português, inglês e espanhol), sendo que o mais recente é uma agenda anual dos eventos culturais que dão à  cidade um foco histórico e cultural no projeto de turismo local.

 

TSC – 21 de junho de 2011

Del Rei e Da Boa Vista

Del Rei e Da Boa Vista

*Luiz Cruz

A Universidade Federal de São João del Rei é um projeto muito antigo. Era uma das propostas dos envolvidos com a Inconfidência Mineira. Naquele tempo São João del Rei era a sede Comarca do Rio das Mortes e se despontara sobremaneira, tanto que nos ideais inconfidentes  seria a capital. Longos anos se passaram, mas o sonho se tornou realidade. Atualmente, com pouco mais de vinte anos de existência, a UFSJ cresce e se consolida, confirmando uma arraigada tradição local que é o ensino. Com três campis locais, mais campis em Divinóplis, Ouro Branco e Sete Lagoas, a UFSJ vai mais longe ainda com a implantação do NEAD – Núcleo de Ensino à Distância, da UAB – Universidade Aberta do Brasil. Assim, a instituição rompe limites e chega a diversas localidades, propiciando oportunidade de aprimoramento e capacitação.

Em São João da Boa Vista, interior de São Paulo, o Pólo da UFSJ oferece os seguintes cursos de pós- graduação: Educação Empreendedora, Matemática, Práticas de Letramento e Alfabetização. Além de atender muitas pessoas locais, o Pólo atende também pessoas das cidades próximas, como Mogi Guaçu, Mogi Mirim, Águas da Prata, Vargem Grande do Sul, São Sebastião da Grama, Poços de Caldas e outras.

As ligações entre as cidades são-joanenses têm neste momento um fator relevante: a Educação. Mas São João del Rei e São João da Boa Vista possuem características comuns e se faz necessário destacar que ambas possuem expressivo patrimônio cultural.

São João da Boa Vista possui um conjunto arquitetônico eclético bonito. Alguns casarões foram restaurados e adaptados, como o do SENAC, que através das intervenções teve seus detalhes valorizados, assim se destacando mais pela sua imponência. Caminhando pelas ruas, que são limpíssimas, vamos encontrando casarões surpreendentes (alguns parecem estar fechados e sem habitantes). As praças são bem cuidadas, arborizadas e com plantas. Há muitos coletores de lixo, feitos em chapa de inox e bom designer. Não há preocupações com falta de segurança, pode-se circular com toda tranquilidade, sem ficar achando que será surpreendido com atos indesejados. A educação no trânsito é surpreendente, mesmo com o sinal aberto para veículos automotores, os motoristas param e dão preferência aos pedestres. Isso ocorre a qualquer hora do dia ou da noite. E há pessoas orientando para melhor estacionar e evitar problemas com o fluxo do trânsito, nas ruas mais movimentadas.

A Prefeitura está instalada em um elegante sobrado eclético. A Matriz de São João Batista está pintada e sempre muito bem cuidada. O Theatro Municipal é fantástico, foi inaugurado em 1914. Trata-se de uma das melhores casas de espetáculo do interior do País. O imóvel está bem preservado e é mantido pela AMITE – Associação dos Amigos do Theatro Municipal. Todo mês o teatro oferece extensa programação cultural que é impressa e distribuída em muitos pontos da cidade, ou seja toda comunidade fica sabendo o que ocorre no teatro, que oferece programação diversificada: cinema, teatro, show, concertos, recitais. (Tive oportunidade de assistir duas apresentações com a casa lotada).

Na paisagem, destaca-se o Santuário de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em estilo neocolonial. Possui uma única torre altíssima e um relógio faceado em três das laterais. No seu interior destacam-se o altar-mor que tem uma cena da crucifixão, com imagens de grande estatura e aos pés do calvário dois enormes anjos alados ostentam um quadro com a imagem da padroeira. Diversos vitrais embelezam o interior, sobressaindo-se o da sala das velas. O forro da nave é todo formado por quadrados com detalhes em marchetaria, feito por três religiosos alemães José Uschold, Simão Corbiniano Veicht e Baltazar João Dess. As paredes laterais da igreja são formadas por arcadas com detalhes em mármore e no pano das paredes há um conjunto de grandes telas, que figuram cenas com a imagem da padroeira do santuário. Dizem que o projeto arquitetônico chegou à cidade por acaso e foi executado pelos Padres Redentoristas. Curiosamente, encontramos o Padre Luiz Carlos no interior da igreja, nos apresentamos e ele nos revelou que seu sonho é participar e ajudar na realização da Semana Santa de São João del Rei.

Outra grande atração da cidade é o cemitério a cidade, que abriga diversas obras do escultor Fernando Furlanetto, de origem italiana. São poucos cemitérios no Brasil que possuem esculturas em mármore e bronze com tanto primor. Pode-se passear pelo cemitério tranquilamente, o que lamentavelmente não se pode fazer nos cemitérios de São João Batistas/RJ ou Consolação/SP que também abrigam muitas obras de arte.

Um ótimo exemplo que a cidade nos oferece, como referência, é o Museu de Arte Sacra da Diocese de São João da Boa Vista, bem instalado em um casarão na Praça Roque Fiori, nº 80. O museu tem um calendário de exposições temporárias, as montagens são impecáveis, através de curadorias especializadas. Até o dia 30 de julho estará apresentando a exposição “Devoções à Imaculada Conceição”. O Museu Histórico tem acervo diversificado e mostra muitos objetos que contam a história da cidade e outros que pertenceram a seus habitantes.

A cidade acabou de realizar a “Virada Paulista”, uma série de eventos culturais em lugares diferentes, todos com entrada franca. A festa do Padroeiro São João Batista é um acontecimento e mobiliza a população. E tem também a Semana Guiomar Novaes, que é dedicada à pianista renomada internacionalmente, que nascera em São João da Boa Vista. Este evento é realizado no mês de setembro, quando a Theatro Municipal recebe concertos e recitais.

Mas ainda têm aspectos que precisamos comentar nestas observações, a Saúde em São João da Boa Vista está em boa situação, visitamos as unidades da saúde e ficamos surpresos com o atendimento e a infra-estrutura. A Educação também parece muito bem, não só pelo contato com muitos professores que trabalham em redes diferentes, mas se pode constatar nos investimentos com as instalações, equipamentos e especialmente em capacitação. E sobre as questões ambientais, foi com prazer que pudemos registrar as preocupações do Grupo Ecológico Maitan – que colocou muitas placas ao longo do córrego que atravessa o centro, alertando: “Não jogue lixo neste córrego. Não suje a água que você bebe”. E, como cultura e meio ambiente são indissociáveis, a Livraria Papyrus, que é uma maravilha, está apresentando em seu espaço cultural a exposição de Malu Borges, que tem o título “Planeta Sacola”, apresentando muitas propostas de sacolas ecológicas, as ecobags, que estão chegando para substituir as sacolinhas de plástico que poluem todos os ambientes.

A cidade possui vários hotéis, destacando-se dentre eles o Giordano Mantiqueira, o Libero e Mansão dos Nobres, com instalações modernas e confortáveis. Tem, também, hospedagem em hotéis bem simples e com ótimos preços.

São João da Boa Vista foi fundada em 1821, por dois mineiros de Itajubá. A origem do nome é por terem chegado à localidade nas vésperas de São João Batista e se instalaram na Fazenda da Boa Vista. Fortemente influenciada pela tradição minera, talvez seja por isso que nos sentimos tão bem nesta hospitaleira e agradabilíssima cidade de São João.

     Luiz Cruz

     Professor e Tutor do Curso de Pós-graduação

                                em Educação Empreendedora da UFSJ/Pólo São João da Boa Vista/SP                                                                                                                                                                                           Maio de 2011.

São João no 10º. Salão São Paulo de Turismo

São João vai participar, na próxima semana, do 10º Salão São Paulo de Turismo, promovido pela AMITUR (Associação dos Municípios de Interesse Turístico), em stand compartilhado com a vizinha estância de Águas da Prata. Ambas as cidades pretendem fazer um trabalho institucional para que os empresários e agentes de turismo conheçam um pouco das potencialidades das duas cidades no que diz respeito a roteiros, passeios, hospedagem, alimentação e infraestrutura para a recepção de visitantes.

Paralelamente o Salão realiza também o Congresso Paulista de Turismo, em sua 11ª edição, que terá um seleto grupo de profissionais de alto gabarito que estarão transmitindo segredos e ensinamentos para um melhor desempenho daqueles que, de alguma forma, estão ligados aos diversos segmentos do turismo.     O interesse de pessoas de todo o Brasil que já se inscreveram  mostra que o 11º Congresso se fez respeitar pela alta qualidade.

Dias 16 e 17 de junho o Congresso será das 14h às 20h, e no sábado, dia 18, será das 10h às 18h.

PROGRAMAÇÃO

DIA 16 DE JUNHO DE 2011 – Quinta-feira

09h30              Reunião do CONSELHO ESTADUAL DE TURISMO – Sala 2

14h00              Abertura OFICIAL do SALÃO SÃO PAULO – Entrada do Evento

14h15              Abertura Oficial do Congresso Paulista de Turismo – Sala 1

(programação completa em anexo)

14h30              Início das exibições dos filmes na SALA SP MOSTRA SP – Espaço Cine (de São João será apresentado o documentário: “São João: Uma Cidade, Muitas historias” -produzido pela TVU)

14h30              Lançamento oficial da FRENTE PARLAMENTAR PRÓ-TURISMO - Sala 1

15h00              Início dos cursos e palestras em 02 salas simultâneas – Salas 1 e 2

15h00              Abertura Oficial do 3º Workshop Paulista de Turismo e Lançamento da                                  Revista SP MOSTRA SP – Área do Workshop

15h00              Início das entrevistas no ESTÚDIO SP MOSTRA SP – Estúdio (por São João será entrevistada a artista contemporânea sanjoanense Badi  Assad).

15h30              Início das atividades e atendimentos na sala de IMPRENSA – TUR.SP (o café servido na sala de imprensa será  o CAFÉ SANJOANENSE)

20h00              Homenagem e entrega de Menção Honrosa para os representantes

das 10 cidades que mais se  participaram do Salão SP de Turismo nos                             últimos 10 Anos. – Área do Workshop.

20h00              Happy Hour comemorativo pelos 10 anos do SALÃO SÃO PAULO

(Exclusivo para os expositores das cidades participantes) – Área do                                Workshop.

DIA 17 DE JUNHO DE 2011 – Sexta-feira

09h00              Reunião dos diretores e conselheiros da AMITUR – Sala 2

14h00              Abertura das Atividades do dia:

Exposição/Congresso/Entrevistas/Sala de Imprensa/ Cine SP MOSTRA SP

15h00              Apresentação da Fanfarra de Holambra com trajeto pela Av. Paulista

Saída: em frente ao MASP – Chegada: Centro de Eventos São Luís

16h/20h          Programação normal do evento

DIA 18 DE JUNHO DE 2011 – Sábado

10h00              Abertura dos trabalhos do dia da Feira:

11h00              Abertura das atividades do dia do Congresso

18h00              Encerramento geral do evento

Como material de divulgação, São João da Boa Vista vai levar folders institucionais e calendário de eventos, em 3 idiomas (português, inglês e Espanhol), demostrando a nossa vocação histórico cultural no turismo regional, além de flyes e cartões de associados da ACE, ligados ao trade turístico das duas cidades.

São João já participou deste evento em anos anteriores em stand do Consórcio Regional de Turismo – Nordeste paulista. Este ano vai patrocinado pela ACE – Associação Comercial e Empresarial (CTUR- Comissão de Turismo) e pela Prefeitura Municipal. Segundo Telma Corulli, coordenadora da CTUR e que estará presente no stand durante todo o salão, “das mais de 500 cidades paulistas, 157 estarão expondo seus produtos turísticos neste salão. São João está entre elas e com certeza vai surpreender”.

LA MIGLIORE PIZZA – INSCRIÇÕES ABERTAS

A CTUR/ACE já está aceitando inscrições para a segunda edição do concurso LA MIGLIORE PIZZA, que mais uma vez vai eleger as três melhores pizzas servidas na cidade. A pré-inscrição deve ser feita pelos sites: www.saojoaodaboavista.org.br ou acesaojoao@acesaojoao.com.br. A efetivação da inscrição será feita por uma das consultoras da ACE até o final de junho. A fase de avaliações das receitas será na primeira semana de julho e a premiação em agosto, em data a ser divulgada posteriormente pelos organizadores.

No ano passado foram inscritas 13 pizzas de 05 diferentes pizzarias (e disk pizzas). Os vencedores puderam explorar durante todo o ano o título que, segundo a coordenadora da CTUR, Telma Corulli, até hoje continua dando resultados positivos até hoje, com constantes pedidos das receitas vencedoras.

Como no ano passado, uma equipe especializada vai avaliar as receitas em duas diferentes etapas: receitas de disk pizza (que será realizada no auditório da ACE com horário de entrega determinada) e pizzaria (quando os jurados visitarão os locais de produção destas receitas com a presença de público e a participação como jurados de populares escolhidos na hora).

O objetivo desta ação da ACE é dinamizar o setor gastronômico, incentivar a criatividade e premiar aqueles que se destacarem. A coordenadora da CTUR acrescentou que o público consumidor também sai ganhando porque tem a oportunidade de provar receitas exclusivas, inéditas e ainda receber visitantes de outras cidades, incentivando o turismo gastronômico.

TSC – 10 de junho de 2011

Em Junho São João é uma Festa – veja programação.

DEPARTAMENTO DE CULTURA E TURISMO

 

PROGRAMAÇÃO JUNHO 2011 (Sujeita a alterações)

 

JUNHO
05 07h00 Caminhada 3º aniversário do Caminho da Fé Pça Bento Gonçalves
05 20h00 Show Banda Nova Unção Pça Benedito Galli
10 18h00

19h00

4º Encontro de Carros SJBVista

Show Priscila Rehder

 

Fonteatro Pça CJ José

11 08h00

15h00

4º Encontro de Carros SJBVista

Show Luis Fabiano

Recinto Exposições
12 08h00

10h00

4º Encontro de Carros SJBVista

Show Serginho

Recinto Exposições
19 18h00 Show Walgra Canta Edvina e Fábio Noronha   Theatro Municipal
22 20h00 Festa de São João

Show Leo Marques e Thiago

Recinto Exposições

Paiol das Artes

22 22h00 Show Amizade Sincera

Renato Teixeira e Sergio Reis

Recinto Exposições

Palco Principal

23 15h00 Festa de São João

Gincana Esportiva Depto Esportes

Recinto Exposições
23 20h30 Show Luana Marques e Juliano Recinto Exposições

Palco Principal

23 20h30 Show César e Tiago Recinto Exposições

Paiol das Artes

23 00h00 Queima de Fogos Recinto Exposições
24 15h00 Festa de São João

Conc. Quadrilha Junina Infantil, Mirim, Baby

Recinto Exposições
24 20h00 Show Julio Seda e Rafael Recinto Exposições

Paiol das Artes

24 20h30 Show André Flora e Banda Recinto Exposições

Palco Principal

25 15h00 Festa de São João

Gincana Esportiva– Depto. Esportes

Recinto Exposições
25 18h00 Conc. Quadrilha Junina Juvenil,

Adulto, 3ª idade

 

Recinto Exposições

25 20h00 Show Emiess Recinto Exposições

Paiol das Artes

25 20h30 Show Matheus e Gabriel Recinto Exposições

Palco Principal

25 20h30 Teatro Romeu e Julieta Grupo Cena IV Theatro Municipal
26 18h00 Apresentação Grupos Dança SJBVista Theatro Municipal
26 20h00 Baile na Praça Serginho Fonteatro Pça CJ José
29 20h30 Apres. Orquestra Jazz Sinfônica SJBVista Theatro Municipal
    JULHO 2011  
03 18h00 Musical Praça Joaquim Silvia Ferrante Theatro Municipal
07 21h00 Apresentação Ópera La Traviatta

Circuito Cultural Paulista de Ópera

 

Theatro Municipal

Vem aí a segunda edição do La Migliore Pizza

 

Com o objetivo de movimentar o setor gastronômico local, a ACE através da CTUR – Comissão de Turismo está lançando esta semana a segunda edição do concurso “ LA MIGLIORI PIZZA”, que vai eleger a melhor pizza da cidade.

Além de premiar as melhores receitas, a ACE pretende valorizar o trabalho de pizzarias e disk pizzas através de seus empresários, cozinheiros, pizzaiolos, garçons, recepcionistas, entregadores, fornecedores e tantos outros envolvidos num processo, que há princípio parece simples, mas que fica cada vez mais sofisticado com novas tendências culinárias internacionais.

O regulamento, que está sendo divulgado pelo site da ACE, da CTUR e pelas divulgadoras do concurso, prevê a premiação de duas categorias: pizzarias e disk pizzas. O público poderá acompanhar o processo, pedindo a receita inscrita no concurso, que estará em evidência nos cardápios dos restaurantes locais inscritos. O júri será formado por pessoal especializado e de renomado conhecimento no assunto. Serão premiados os três melhores classificados em cada categoria. Cada um receberá um selo de qualidade, que poderá explorar durante todo o ano de 2011 até novo concurso em 2012.

As inscrições estarão abertas a partir de segunda-feira, dia 23 de maio, pelos sites da ACE e CTUR  mas a fase final será em julho e os vencedores serão conhecidos no mês de agosto, quando será realizada solenidade de premiação.

Segundo a coordenadora da CTUR, Telma Corulli, a “pizza” foi escolhida por ser uma unanimidade nacional, apreciada por todos, sem distinção de idade, raça, nível social e porque São João tem algumas das melhores casas do ramo em toda a região”.

O primeiro concurso, em 2010 foi um grande sucesso e até hoje, as pizzarias participantes ainda recebem pedidos referentes às pizzas vencedoras. A expectativa para esta segunda edição, segundo a ACE é dobrar o número de inscrições (no ano passado foram inscritas 13 receitas) e aumentar a oferta de opções desta iguaria da cozinha italiana que conquistou o coração de todos os brasileiros.

SÃO JOÃO, NO SALÃO SÃO PAULO DE TURISMO

A diretoria da ACE aprovou investimento para participação da CTUR – Comissão de Turismo em evento na capital entre os dias 16 e 18 de junho no Centro de Convenções São Luis, à R. Luis Coelho, 323 – SP (paralela à Av. Paulista, entre as ruas Augusta e da Consolação). Trata-se da 10º edição do Salão São Paulo de Turismo, promovido pela AMITUR – Associação dos Municípios de Interesse Turístico (SP) em parceria com a Conteúdo Brasil – Feiras e Eventos, com o objetivo de implantar turismo sustentável no Estado de São Paulo, gerar negócios, apresentar projetos para futuros investidores e criar novas oportunidades de trabalho. Através de uma grande exposição (feira de negócios), divulga com exclusividade, as cidades do interior e do litoral paulista, oferece ao público visitante os seus produtos e serviços na área de hotelaria, agencias de viagens e receptivo, gastronomia, artesanatos, folclore, festas tradicionais, roteiros turísticos, eco turismo e turismo de aventura, patrimônio histórico, estâncias, a arte e cultura popular paulista. O evento espera um público de 12mil – a maioria é profissional do trade. Estarão presentes  175 expositores – entre cidades e produtos e serviços e será realizado durante o período da Feira, o Congresso de Turismo

Paulista. Neste ocorrem alguns cursos e palestras que são ministrados por profissionais, empresários e personalidades envolvidas com o Turismo em geral. Haverá também workshops, Cine Sampatur (com filmes e vídeos das cidades expositoras para um público estimado em 3 mil pessoas, e apresentações culturais.

Segundo a organização, o evento poderá gerar em torno de R$1milhao de negócios/ano.

São João da Boa Vista será representada pela CTUR/ACE e Prefeitura Municipal (Depto de Cultura e Turismo) compartilhando o mesmo stand com a Prefeitura Municipal de Águas da Prata e empresários do trade turístico da estância. As duas cidades farão uma divulgação institucional com o objetivo de serem vistas e reconhecidas pelo mercado de turistas e agentes de turismo da capital, que representam excelentes clientes para os atrativos das duas cidades. No stand sanjoanense haverá degustação do Café Sanjoanense, que apoia a iniciativa da cidade e acredita no potencial turístico como fonte de desenvolvimento local e regional. Serão distribuídos folders e folhetos de empresários locais ligados ao setor turísticos e que sejam associados da ACE local.

 

TSC – 19 de maio de 2011

Próxima Página »